Nova versão do eSocial 2.5: conheça e adapte-se

20 Nov 2018
_____

Após a implantação do eSocial, em 2018 com a versão 2.4, pela primeira vez, o Comitê Gestor do eSocial aprovou a 1ª atualização, a versão 2.5 do leiaute do eSocial por meio da Resolução nº 19 de 9 de novembro de 2018.

Para baixar os novos leiautes, seus anexos e o controle das alterações das versão 2.4 e 2.5, CLIQUE AQUI, e baixe os arquivos em seu computador.


Essa nova versão será utilizada no ambiente de Produção Restrita, para testes, a partir de 17/12/2018 e no ambiente de Produção a partir de 21/01/2019. A versão 2.5 representa algumas melhorias e atualizações, diante da incorporação das Notas Técnicas 1 a 9.

Isso significa uma maior atenção na implantação e na gestão do eSocial. Essa é a primeira experiência de atualização do eSocial e é especial, pois possibilita aos empregadores um ambiente propício para verificação da consistência de suas equipes diante da mudança de versão do eSocial.

Ilustrativamente, basta verificarmos que a 1ª versão do eSocial, de 2014, tinha por volta de 40% (quarenta por cento) a mais de exigências do que a versão 2.4, utilizada na implantação de 2018. Isso significa que o objetivo do governo é obter cada vez mais informações e a primeira vez, está acontecendo nesse momento, com a versão 2.5.

 

esocial 2.5

 

Os leiautes sofrem alterações hoje e continuarão sofrendo alterações na vigência do eSocial, diante da publicação das versões futuras. É importante lembrar que, no caso de alteração de leiaute e havendo necessidade de reenvio das informações de período anterior a modificação do leiaute, deverá ser usado o leiaute da época da ocorrência dos eventos, ou seja, a versão anterior, antes da alteração.

As novas versões do eSocial trazem novas alterações e a necessidade de mudança para continuar cumprindo as nova obrigações. Nós, seres humanos, somos social e psicologicamente resistentes à mudanças, portanto é importante conhecer os processos internos existentes, ter clareza e transparência quanto às regras e responsabilidades para atender ao eSocial.

Essa não é uma tarefa muito fácil, pois ao analisarmos os processos internos, podem aparecer elementos que antes ficavam invisíveis e agora passam a ser visíveis, como eventuais deficiências e resiliências que devem ser investigadas.

Esse processo de descoberta pode ser “doloroso” para alguns empregadores, mas não precisa ser dessa forma, pois somente com o claro conhecimento sobre os pontos de melhoria é que conseguimos alinhar adequadamente os processos internos no atendimento do eSocial. Se você deseja conhecer visualmente seus processos internos, clique AQUI e saiba mais.

A visualização dos processos internos e práticas, em um quadro visual,  é uma das maneiras mais fáceis e intuitivas para mostrar o fluxo de trabalho do eSocial. Como consequência, conseguimos desdobrar as práticas e analisar a consistência dos processos internos para a finalidade do eSocial, no cumprimento dos prazos e entrega das informações.

A visualização é apenas uma prática, dentre outras, que auxilia na previsibilidade e agilidade das atividades a serem realizadas, gerando um estoque de conhecimento sobre os processos que possibilita uma melhoria constante.

Isso é fundamental para situações em que se exige uma rápida adaptação, como no caso do surgimento de novas versões do eSocial, como a versão 2.5 de novembro de 2018. Quando falta clareza sobre o trabalho ou os resultados esperados, há uma tendência de focar nas pessoas que cumprem as atividades.

Nossa mente passa a focar em questões como “Os trabalhadores estão ocupados?”, “São capacitados para realizar a tarefa?”, “Podem trabalhar mais?”. Esses pensamentos podem indicar que não está sendo dada a devida atenção para o que está invisível nos seus processos internos.

Aumenta-se muito a eficiência de um processo interno quando há uma compreensão sobre o que deve ser feito, com foco na entrega e auto organização. Isso significa, que os processos do RH passam a ser orientados pela responsabilidade de entrega das informações ao eSocial, buscando o equilíbrio no fluxo de trabalho, entre entrada e saída das demandas e as práticas necessárias ao cumprimento das atividades.

Você está preparado para conhecer os números dos seus processos internos?

Conhecer o que está invisível? Saber o que realmente está acontecendo, evitando stress desnecessário com a condução de uma equipe com poder de adaptação?

Quer conhecer a consistência dos seus processos? Entre em contato com a gente para conhecer, de forma intuitiva, as informações que estão escondidas nas tabelas e relatórios de controle dos seus processos.


 

Não passe apuros, saiba como sua empresa está sem qualquer custo!

Estamos esperando seu contato!

 

Deixe seu comentário